11 Lugares que Conheci em Porto Velho

De 16 a 23 de janeiro de 2018, visitei Porto Velho, a capital de Rondônia, e agora, posto para você algumas coisas legais que fiz por lá 😉

1- Palácio Getúlio Vargas.

p_20180117_140312.jpg

É antiga sede do governo que deveria ter virado o Museu da História Rondoniense. Quando cheguei lá parecia que não tinha ninguém, mas um moço que estava trabalhando lá me mandou entrar numa sala onde tem um acervo da história de Rondônia e Porto Velho. Os dois senhores que trabalham lá me explicaram parte da história da cidade. Um deles me levou para ver a exposição que estava montada lá da artista local Rita Queiroz. Não sei se tem exposição sempre, mas vale dar uma passada por lá e perguntar.

2- Praça das Três Caixas d’àgua.

P_20180117_144121.jpg

É uma praça com três caixas d’água. Não tem nada de mais e a praça está meio abandonada, mas as caixas são importantes para a história da cidade porque a abasteciam há muitos anos.

3- Mercado Central.

P_20180118_131725.jpg

É sempre legal conhecer o mercadão das cidades. O de Porto Velho tem produtos regionais, comidas e remédios caseiros. É legal ir tomar café da manhã aos fins de semana com comidas típicas da região norte, como mingau de banana, tapioca com tucumã, etc.

4- Dullim.

p_20180119_142851.jpg

É uma sorveteria que me indicaram. Dá para provar sabores de frutas locais, o meu preferido foi o de cupuaçu.

5- Brownie Bros.

p_20180119_161941.jpg

É um café que vende brownies. Eles são bem bonitos e dá vontade de comprar todos. O ambiente também é bem legal. É um daqueles cafés que eu adoro ir acompanhada do meu kindle.

6- Mercado do 1.

É um ótimo mercado para comprar frutas e polpas. Quando fui para Porto Velho, minha anfitriã fez doce de cupuaçu e fui a esse mercado para comprar a polpa.

7- Espaço Alternativo.

img-20180119-wa0015.jpg

Todos os dias, a partir das 17h, fecham uma das pistas que vai até o aeroporto e a galera vai lá para caminhar. É bem legal e também tem uma réplica da maria-fumaça.

8- Recanto do Tambaqui.

P_20180120_134112.jpg

É um restaurante com rodízio de peixe e vale muito a pena. Paga R$ 40,00 por pessoa e tem dourado frito, tambaqui assado e um peixe ensopado.

9- Passeio de barco, feirinha e estrada de ferro.

p_20180120_162301_bf.jpg

Dá para fazer um passeio de barco pelo rio Madeira. Dizem que dá para ver botos, mas quando fui eles não apareceram. Ali na frente dos barcos, tem uma feirinha de artesanato bem bonitinha e andando mais um pouco, você chega à estrada de ferro e pode tirar uma foto na maria-fumaça.

10- Memorial Rondon.

img-20180125-wa0079.jpg

É um museu bem legal sobre o Marechal Rondon. Ali perto também tem a Capela de Santo Antônio, que foi a primeira de Porto Velho, dá para ver uma usina e tem um pequeno monumento que marca o ponto onde era a divisa entre Amazonas e Mato Grosso antes de criarem Rondônia.

11- Guajará-Mirim.

p_20180122_152705_bf.jpg

É uma cidade a umas 6 horas de ônibus de Porto Velho que faz divisa com a Bolívia. Fui até lá porque tenho uma amiga que morou em Guajará e me deu umas dicas. Fiquei no Hotel Pakaas que acho que já foi famoso por causa de uma novela. Ele fica no meio das árvores e tem uma piscina de frente para o encontro dos rios Mamoré e Pacaás. Tudo é caro: o transporte para chegar da rodoviária ao hotel, a estadia e a comida no hotel (não tem nada lá perto), mas é uma experiência bem diferente e a vista do quarto é bem bonita. De volta ao centro de Guajará-Mirim, você pode pegar um barco e atravessar para a Bolívia, para a cidade gêmea Guyaramerín. Não tem muitas coisas diferentes, só várias coisas para comprar, tipo o Paraguai. Uma época valia muito a pena, mas com o dólar alto algumas coisas não compensam mais. Foi minha primeira vez na Bolívia. Na frente do porto brasileiro, tem um pequeno museu que conta a história da estrada de ferro Madeira-Mamoré e dos seringueiros, é interessante. Também visitei a catedral que é bonita. Uma dica é que tudo fecha na hora do almoço, inclusive o porto. Então, precisa se programar bem.

E essas foram as minhas dicas. Com certeza, deixei várias coisas de fora e deixei de conhecer vários lugares legais, mas assim posso voltar um dia, né? Quero terminar este post dizendo que Porto Velho não é uma cidade bonita nem tem tantas coisas para fazer, mas vale uma visita. Se algum dia eu voltar a Rondônia, acho que vou preferir visitar alguma cidade do interior, porque me falaram que são mais bonitas e tem mais atrações que a capital. De qualquer jeito, Porto Velho foi especial para mim porque foi a primeira cidade da região Norte que conheci e as pessoas são muito acolhedoras.

Outras cidades:
15 Lugares que Conheci em Aracaju
16 Lugares que Conheci em Brasília
15 Lugares que Conheci em Cuiabá
9 Lugares que Conheci em Florianópolis
10 Lugares que Conheci em Goiânia
13 Lugares que Conheci em Maceió
14 Lugares que Conheci em Ouro Preto e Mariana
8 Lugares que Conheci em Pirenópolis
16 Lugares que Conheci em Rio Branco
16 Lugares que Conheci em Salvador

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: