Boa Vista, 02 de outubro de 2018.

Olá!

Hoje acordei 8h30, foi mais difícil do que ontem, talvez meu corpo esteja se adaptando ao fuso-horário, e fui tomar café.

Depois, abri o notebook para atualizar o blog. Perdi um tempo pesquisando livros sobre a história do Brasil. Decidi que quero saber mais sobre a nossa história para poder principalmente começar a entender mais de política. Esse ano a discussão está intensa e quero ter mais bases para discutir melhor. Acho que deveríamos aprender a ter um pensamento crítico sobre política e saber de economia na escola. Na verdade, esses dois assuntos não me interessam tanto, mas são importantes na minha vida e me sinto burra sabendo tão pouco. Vamos ver quanto vai durar porque, sinceramente, é bem difícil escolher ler sobre política em vez de pegar os lindos livros de fantasia e ficção.

Estou escrevendo meus posts antigos e novos ao mesmo tempo. Preciso manter o ritmo porque esses que escrevo no dia estão saindo muito melhor e mais reflexivos. Ou pode ser que eu esteja mais reflexiva ultimamente nessa reta final.

Também vi uns passeios para fazer aqui. Achei que 9 dias por aqui seriam muito, mas já vi que não vou fazer tudo o que quero, por falta de organização e tempo mesmo. Tipo, tive de escolher entre cachoeiras e uma comunidade indígena. Escolhi a comunidade. Daí, estava eu falando com o guia, perguntando o que tinha de levar, como era o banheiro e essas coisas…

Tati: Só pra dormir que é na rede, o resto é tudo normal, né?

Enoque (guia): Na rede é normal para nós.

Pois é, veja o que me espera… agora que estava achando que não ia mais passar por experiências tão diferentes assim…. aguarde cenas do próximo capítulo.

Daí, saí para almoçar com as meninas do hostel. Fomos a um restaurante chamado Maria Bonita. Aproveitei que tinha um supermercado ao lado e comprei umas coisinhas (me esqueci do sabão de coco). E voltamos para o hostel. Conversei com a galera e eles disseram que podem abater os dois dias que vou ficar fora e deixam minha mala guardada (pessoas do Norte, S2 para vocês e sua hospitalidade).

Estava com preguiça e moleza, as tardes são bem quentes aqui, mas tomei um banho e voltei para escrever. Agora que vou ficar fora uns dias, quero deixar posts programados para conseguir colocar tudo em dia até o dia 25 de outubro, quando a aventura acaba.

No fim da tarde, saí com as meninas para pegar o pôr do sol na orla, mas descobrimos que o sol desce do outro lado (sim, Marcelinho tinha me falado para ver o pôr do sol pelo outro lado do rio), mesmo assim foi bom ficar ali e tomamos um din din de buriti.

Saímos de lá e fomos até a feirinha que fica depois da Praça das Águas. Na verdade, é um centro de artesanato com apenas 4 lojinhas, mas é legal. Daí, caminhamos até o cinema. O caminho até lá é uma posta gostosa de andar e tinham várias pessoas caminhando. O cinema é o segundo mais antigo de Boa Vista e tem uma fachada interessante. Quero tentar voltar para pegar algum filme e conhecer o cinema por dentro.

Voltamos um quarteirão e fomos comer num quiosque. A tapioca estava boa, o açaí nem tanto. Estou a chata do açaí, mas tomo os que não são tão bons também. Daí, voltamos para o hostel. Liguei o ar do quarto e enquanto esfriava um pouco, fiquei morgando na rede ouvindo o comício que estava tendo num restaurante aqui ao lado.

Daí, fui para o quarto, tomei um banho bem bom (aqui dá vontade de ficar no chuveiro 24 horas por dia) e li antes de dormir. Game of Thrones é infinito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: