Lentes de Contato Descartáveis

Antes de falar sobre lentes, vou contar brevemente a história dos meus olhos: eu uso óculos há muito tempo; comecei quando era criança, acho que tinha uns nove anos. Era um grau bem fraquinho, mas quando era pequena, queria usar óculos, então, ficava com ele direto.

Depois de uns anos, enjoei de usar óculos. Somou-se a isso o fato de o meu grau ter diminuído: em um olho ficou zero e no outro, 0.25 e parei de usar, afinal não precisava mais porque enxergava perfeitamente. Até que um dia, alguns anos mais tarde, percebi que não conseguia ler direito o nome do meu ônibus, então fui ao oftalmologista.

Para minha surpresa, deu 0.5 de miopia. Antes, eu tinha hipermetropia e astigmatismo e até achei que tinha ido num oftalmo ruim; primeiro porque não achei que ia passar de hipermetropia para miopia e segundo porque pensei que só meio grau não ia fazer com que eu não conseguisse ver direito o nome do meu ônibus. Mas quando meus óculos ficaram prontos, percebi que estava certo e voltei a enxergar! Também descobri que miopia era muito pior do que a minha hipermetropia e eu enxergava muito mal sem óculos, mesmo sendo apenas meio grau (que agora já passou para 1.25. Miopia também aumenta rápido).

Um dia, estava conversando com uma amiga do trabalho sobre como era ruim ir ao cinema ver um filme 3D e ter de colocar um óculos em cima do outro. Então, ela me falou sobre as lentes de contato descartáveis: você compra uma caixa que vem com 30 lentes (tenho a sorte de usar o mesmo grau nos dois olhos, então só preciso de uma caixa), usa um dia e joga fora. São ótimas para quem não usa lente direto, porque não tem que comprar caixinha pra lente e soro e não precisa ficar cuidando.

Experimentei e gostei bastante. No começo, é muito difícil colocar (e tirar também) e eu demorava muito, porque dá uma aflição mexer no olho, mas dá pra pegar prática bem rápido. Com o tempo, descobri que lente é muito útil não só para filmes 3D, mas também em outras ocasiões. Quando passei a precisar usar óculos sempre, comprei um óculos de sol com grau. Ele é bem útil, principalmente para quando você vai usar direto por um longo período; quando você precisa ficar trocando, é bem melhor usar lente.

Por exemplo, quando você está fazendo um city tour e fica andando na rua num dia ensolarado e entrando nos lugares em que não precisa de óculos de sol. Em vez de ficar trocando de óculos o tempo todo, é mais prático colocar lentes e usar um óculos de sol sem grau. Daí, quando entra em algum lugar, é só tirar os óculos e quando sai, coloca de novo. No começo do meu sabático, eu ficava trocando e era muito chato ficar abrindo a bolsa e achando a caixinha para trocar de óculos.

Na praia, piscina, cachoeira ou lugares com água também acho mais fácil usar lente, a não ser que você seja uma daquelas pessoas que não liga de entrar na água de óculos. Eu costumava ir à praia com o óculos de sol com grau e não levava meus óculos normais. Mas um dia fiquei até o pôr do sol e não foi muito agradável voltar para casa de óculos de sol à noite. Além disso, não entro no mar de óculos porque tenho medo de perder, daí ficava enxergando somente vultos quando estava na água. O mesmo vale para piscina, cachoeira, parque aquático, etc.

Outra ocasião em que passei a usar lente foi para cortar o cabelo. Precisava tirar os óculos na hora de cortar e não conseguia enxergar direito quando o cabelereiro terminava e me mostrava o corte. Agora já vou de lente que facilita a vida.

Além disso, também uso lentes em festas, mas daí é mais uma questão estética. Inclusive, uma vez comprei uma lente que tinha uma bordinha que realçava os olhos. Era a acuvue define, porém acabei de dar uma busca e vi que foi descontinuada. Gostei do efeito dela, mas era menos confortável do que a convencional. Nessa, busca, também vi que o modelo que eu uso (esse da foto do post) também foi descontinuado, mas foi substituído por outros modelos que são descartáveis.

Como não tenho saído por conta da pandemia, ainda tenho um pequeno estoque que comprei em uma promoção (ainda bem que a validade é longa). E, além de todas as ocasiões que citei, também carrego um par na bolsa, porque nunca se sabe quando seu óculos pode quebrar ou algo do tipo, né? E é melhor ter um plano B do que ficar sem enxergar (vida de míope…).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: