Aleatoriedades

Olá!

Esta semana, não consegui escrever com antecedência para fazer o processo que estava usando antes: escolher um tema, escrever, revisar, deixar o texto descansar, revisar de novo e publicar. Então, vai ser um post somente escrito e revisado, sem o tempo de descanso.

Dei uma olhada nos meus rascunhos para escolher um tema, mas nada me animou muito, principalmente pensando em algo mais rápido, que não precise de tanta reflexão ou tempo para compor. Daí, decidi escrever aleatoriedades da vida, coisas que aconteceram nos últimos tempos.

Ontem saiu a notícia de que pela primeira vez desde o começo da pandemia, São Paulo não registrou nenhuma morte por Covid. Sei que isso não quer dizer que ninguém morreu por Covid, porque tem a subnotificação, mas é uma boa notícia, não é mesmo? Há alguns dias, fui para São Paulo e vi os bares meio cheios com pessoas sem máscara e confesso que fiquei angustiada. Também não gostei muito da notícia de que pode ser que a partir de 01 de dezembro o uso de máscara não seja mais obrigatório em ambientes abertos. Acho que não custa usar máscara, já estamos nos acostumando e todo cuidado é pouco contra essa doença. Ao mesmo tempo, as pessoas, e eu também, estão muito cansadas de ficar em casa e começaram a flexibilizar. Eu, por exemplo, encontrei alguns amigos. Pouca gente, é claro, mas encontrei, principalmente considerando que os casos estão diminuindo, que já tomei as duas doses da vacina (e meus amigos também) e tento dar um intervalo entre os encontros, especialmente quando sei que as pessoas que vou ver também não estão saindo de casa.

É estranho marcar de sair com as pessoas depois de tanto tempo. E quando você encontra, não sabe se tira a máscara, fica de máscara, abraça, só dá um tchauzinho… enfim. Mas depois de toda essa estranheza inicial é ótimo! No meu caso, percebi como estava com saudades dos meus amigos!

Também fui a um restaurante no fim de semana com os meus pais. A gente já tinha saído para comer, mas fomos cedo, quando o restaurante estava vazio. Só que desta vez fomos mais tarde e estava cheio; nem paramos o carro e fomos para outro lugar que também estava cheio e pegamos um marmitex para comer em casa. Já nos resguardamos por tanto tempo que não vamos arriscar no que espero ser a reta final.

Para terminar de contar coisas aleatórias neste post, passei alguns dias em São Paulo. Reparei em como a cidade é barulhenta. Provavelmente o apartamento do meu irmão fica num lugar com mais barulho e movimento que meu antigo apartamento. Além disso, passei o tempo todo em casa, então prestei mais atenção nos sons. Foi bom, apesar de rápido, nem marquei nada com ninguém. Estava com saudades de São Paulo e, principalmente, das comidas que dá para pedir na capital.

É isso por hoje, ainda estou tentando retomar a rotina depois de feriado, dias em São Paulo e fim de semana. Espero estar mais inspirada na semana que vem e entregar um conteúdo mais legal 🙂

Um comentário em “Aleatoriedades

Adicione o seu

  1. Me identifiquei bastante com esse texto!! Quando vi a notícia, passou um filme na minha cabeça, principalmente de “tudo o que ficou pra trás”, mas de como valeu a pena esperar. Aos poucos e com muita cautela (e dúvidas) estou me permitindo voltar a viver um pouco

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: