Cuiabá, 02 de dezembro de 2017.

Olá!

Novo mês, novo destino, apenas 10 dias para voltar para casa e dar uma pausa no sabático.

Acordei cedo para fazer a mala. Nem foi tão difícil assim, será que estou pegando prática? E logo mais vou precisar trocar minha mochila por uma mala, espero que tudo fique mais fácil.

Tomei o último café do ano na casa da Nath e tivemos mais uma horinha de conversas. Daí nos despedimos (a pior parte da viagem, despedidas) e fui para o aeroporto.

Entrei no avião e não tinha espaço para a minha mochila. Tive de esperar os comissários de bordo rearranjarem as bagagens da galera e abrirem um espaço para a minha. No fim deu tudo certo.

A Azul dá lanchinhos (biscoito de polvilho, balinha Fini em formato de avião e mais algo de que não me lembro) e bebidas (primeiro passam perguntando o que você quer e dão um guardanapo, depois passam os copos com gelo e finalmente as bebidas). Teve um pouquinho de turbulência, mas foi bem ok. Não ligo quando tem turbulência, na verdade, até gosto da sensação de sentir um friozinho na barriga.

Em Cuiabá não tem horário de verão, então cheguei antes do meio-dia. Peguei um uber. É verdade o que dizer sobre os cuiabanos serem acolhedores. Ele já foi me falando sobre a vida e passando o contato se eu precisar de uber.

Cheguei na casa onde vou ficar hospedada. É um airbnb. Esta é a primeira cidade para onde viajo e não conheço ninguém (que medo!), então, reservei um airbnb em que a dona da casa mora na casa, assim posso pegar dicas. A Tania é muito boazinha e se propôs a me ajudar a fazer o roteiro. Além de disponibilizar outros cômodos da casa, ela disponibiliza mantimentos e você vai anotando o que consome para pagar depois o valor que achar justo.

Almocei com ela e conheci outros hóspedes. Dei uma deitada e saí para comprar algumas coisas. Tem um supermercado bem perto da casa, o que é ótimo. Ele é um pouco caro, mas tem algumas coisas baratas também, tipo Twinings por menos de R$7,00 e tem o chai, que é meu preferido.

Depois fui ao shopping que fica relativamente perto também e comprei outras coisas, dei uma volta e vim para casa. Cheguei derretendo porque aqui é muito abafado.

À noite, caiu uma chuvona e deu uma refrescadinha de leve. Fui com a Tânia comprar umas coisas para casa e ficamos no Cervejarium, uma cervejaria nova de cervejas artesanais que fica em frente ao supermercado e perto de casa (já vi que vai ser meu bar preferido de Cuiabá). Outro hóspede se juntou a nós e ficamos conversando, bebendo e petiscando. A Tânia também está em um sabático, mas em vez de viajar, está em casa. Os motivos dela também são diferentes dos meus e foi muito legal conversar com ela.

Foi um bom primeiro dia em Cuiabá 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: