Maceió, 04 de outubro de 2017.

Olá!
Então, como contei ontem, meu passeio de hoje foi cancelado :/

Por um lado foi bom porque eu estava cansada depois de ter passado um dia na bienal, mas por outro não sabia o que fazer hoje e ao longo do dia fui ficando desesperada porque talvez não dê para fazer tudo o que eu quero porque não me programei direito.

Resolvi ficar em casa e trabalhar, preciso terminar até o feriado e, às vezes, acho que não vou conseguir. A parte da manhã até que rendeu bem, a parte da tarde nem tanto, fiquei um pouco com sono e acho que estava mais calor.

Daí como não trabalhei tanto, fiquei tendo pensamentos de desperdício de tempo. Depois dessa pequena crise, me acalmei, afinal estou num ano sabático e vou fazer o que dá sem me preocupar em querer fazer tudo. O que não der, fica para próxima. Além do mais, acho que estou conseguindo cumprir meu objetivo de aprender um pouco da cultura com calma e não ser a turista doida com a agenda cheia.

No fim da tarde, resolvi ir a um empório de cervejas que vi no blog do viajante cervejeiro. Cheguei 17h e pouco, é perto de casa e fui a pé (mas voltei de uber, porque me falaram que era melhor não andar o caminho do empório até em casa à noite, odeio gastar dinheiro com uber quando é perto, mas na dúvida, melhor pagar sete reais, né?). O empório estava vazio, daí peguei uma cerveja local (aliás, descobri que tem uma cervejaria em Maceió e mandei uma mensagem pelo Facebook para eles pra ver se consigo visitar a fábrica), peguei a senha do wifi (acho que vou trabalhar nesse empório, já que não tem wifi em casa) e fiquei bebendo, vendo o celular e lendo Na Natureza Selvagem. Depois comi um escondidinho com outra cerveja (não gostei muito da segunda, tinha muito gosto de álcool, apesar de ter só 5,5% de graduação alcoólica) e fiquei ouvindo os caras da mesa ao lado falarem.

Eles eram da Cerva, que, pelo que entendi, é um grupo de cervejeiros de Maceió. Só tinha homens, nenhuma mulher.

Antes de ir embora, conversei com o João, que é o dono do empório. Disse que tinha achado o lugar no blog do Edson, falamos um pouco sobre o projeto dele e depois sobre Maceió. O João pareceu ficar surpreso por eu estar turistando sozinha, tenho a impressão de que as pessoas realmente acham estranho ver uma pessoa, principalmente mulher, fazendo algo sozinha, mas acho que estou me acostumando (já viajei sozinha outras vezes, na verdade, acho que viajei mais sozinha do que acompanhada).

Voltei pra casa e talvez tenha um skype do TCC (não acaba nunca!), mas estou com muito sono. Será que é o calor?

Bom, por hoje é isso 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: