Ah, Palmas…

Palmas foi a cidade em que peguei meu calor recorde: mais de 40 graus na tarde de um sábado. É uma cidade nova, mais nova do que eu, planejada e com muitos espaços vazios para crescer.

Os atrativos incluem as feirinhas, o centro cívico, os festivais (não peguei nenhum, mas fiquei com vontade de voltar para o festival gastronômico que acontece no começo de setembro… e também quero ir à Lagoa do Japonês, que fica meio longe de Palmas) e principalmente as belezas naturais, umas mais próximas (como as cachoeiras em Taquarussu) e outras bem longe (como o Jalapão).

Tocantins tem mais a ver com o centro-oeste do que com o norte, mas motivos políticos fizeram com que o estado pertencesse a essa região. As frutas são do cerrado e o clima é mais seco do que o quente-úmido amazônico. Inclusive, acho que foi o período em que bebi mais água na minha vida. Vale a pena dar uma visitada no estado mais novo do Brasil e curtir o calor e a beleza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: