Nove meses (e alguns dias) sabáticos

Sei que estou atrasada neste post, mas não queria ter deixado ele programado porque queria escrever algo sobre Parintins e não levei meu notebook para lá, e mesmo se tivesse levado, não tinha internet, até o 4G era péssimo… enfim, voltei e continuei não escrevendo por uns dias, mas, estou de volta.

Nove meses é muito tempo, é uma gestação. E agora sinto mais as mudanças, tenho a impressão de estar entendendo um pouco do que anda acontecendo. Com certeza, comecei a mudar no dia 1 do sabático, até mesmo antes, no dia em que pedi demissão, mas agora talvez esteja começando a amadurecer.

Percebi que esta é uma jornada de autoconhecimento e de aprendizagem sobre o meu país e as mil faces dele. Tenho tentado estar aberta a todos e tudo e fiquei feliz quando uma moça que conheci me falou que nunca tinha visto uma pessoa não-nordestina que entendia do Nordeste.

Também tive uma estranha sensação de que algo está mudando em mim, porém ainda não sei o que é e talvez eu demore para descobrir, mas vou tentar manter a calma, segurar a ansiedade e dar tempo para que esse sentimento se esclareça. Afinal, quero que seja um ano relax.

Falando em relax, ando dormindo muito e, pensando bem, tenho dormido muito desde o começo, mas é que é tão bom acordar sem despertador! Isso e minha preguiça estão me fazendo “perder” algumas coisas, mas decidi continuar no ritmo lento e aproveitar esse período para descansar, dormir e não ficar me cobrando.

Estou num ponto bem bom do sabático, em que muita coisa já passou (e parece que estou viajando há uma eternidade), mas que sei que falta pouco para acabar, o que me causa uma sensação de desespero, porque viajar, conhecer pessoas, comer comidas novas, descobrir lugares, reencontrar amigos, não ter rotina, descansar é tão bom, e ao mesmo tempo alívio porque quero saber o que vai acontecer depois e estou cansada de ficar fazendo a mala e de não ter casa, por mais que esteja sendo muito bem acolhida por onde passo. E, por incrível que pareça, às vezes sinto falta de trabalhar (muito paulista?), de ter uma rotina.

Bom, é isso por enquanto. Espero que você esteja gostando do blog e de viver minhas aventuras comigo, mesmo estando tudo atrasado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: