Florianópolis, 15 de janeiro de 2018.

Olá!

Hoje voltei para Floripa. Voltei de ônibus porque não reservei um Blá Blá Car antes e o que consegui cancelou. Não reservei antes porque queria fazer a mala com calma, sem ter a pressão do horário.

Mas, calma, pulei uma parte do dia. De manhã, encontrei a Ana Paula, que estudou comigo na escola e que não via desde a minha formatura da faculdade. Ela viu uma das minhas fotos do Instagram e disse que estava morando lá perto. Daí nos encontramos. Foi bem rápido, mas deu tempo de conversar um pouco sobre os quase dez anos em que não não vimos. Aliás, devo dizer que uma das coisas mais legais da minha viagem tem sido reencontrar amigos que não vejo há muito tempo.

Quando subi de volta ao apê, a Bana e o Jamil já tinham acordado e tomamos café. Então, fui fazer a minha mala (eu deveria contar quantas vezes já tive que fazer a mala, né? Que sofrimento). E daí fui para a rodoviária (quando a tarifa deixou de ser dinâmica… aqui em Santa Catarina quase nunca se consegue a tarifa normal). Comprei a próxima passagem, mas o ônibus atrasou quase meia hora. Cheguei em Floripa 16h e alguma coisa e decidi pegar um Uber para o próximo Airbnb. Chamei, achei o carro e o motorista me perguntou se podia ir ao banheiro antes de começar a corrida. Eu disse ok e ele foi, me deixando no carro com a chave no contato e carteira na porta. Muita confiança, né?

Cheguei lá na casa e não tinha ninguém. O anfitrião deixou a chave na portaria e disse que o porteiro era rabugento, mas achei ele simpático na verdade. Deixei minhas coisas lá e decidi sair para comer. Resolvi ir ao Mercado Público. O apartamento não era tão longe, então fui a pé. Aproveitei para passar na Catedral e na praça onde tem a figueira gigante.

Dei uma volta pelo mercado e decidi comer no Box 32 que é o famoso pelo que li. Pedi um camarão a parmigiana. Estava bom e vinha bastante comida. Daí fiquei lá, conversando pelo Whats App. Também levei meu Kindle, um dos meus companheiros de refeições (se bem que atualmente tenho almoçado mais com o Twitter mesmo).

Um pouco mais tarde chegou o Pedro. A gente se conheceu num casamento em Aracaju (o mesmo em que conheci a Leticia) e ele está morando em Floripa. Tomamos um chope e fui pra casa. Eu me divirto bastante sozinha, mas também é bem legal ter companhia. Amanhã já viajo de novo, então deixei a mala no jeito e liguei o despertador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: