Caixa de Pássaros

A Netflix lançou o filme Bird Box e muitas pessoas estavam falando sobre ele, então, decidi ver, mas antes eu queria ler o livro que já estava na minha lista no kindle.

Como minha outra leitura estava devagar, resolvi passar Caixa de Pássaros na frente. Na capa, tem a seguinte citação de Hugh Howey: “Um livro que deve ser lido de uma só vez. Ninguém havia escrito uma história de terror como essa antes”. E eu li “de uma só vez”. Comecei a ler à noite e fui madrugada a dentro até terminar (fazia um tempo que eu não devorava um livro). É uma leitura fácil que vai fluindo bem; tem um esquema de flashback que vai alternando os capítulos entre a viagem pelo rio e o que causou toda aquela situação. Acho que o que dá mais curiosidade é querer saber como Malorie terminou sozinha com duas crianças e é claro que isso só é revelado nas páginas finais, então, você continua lendo.

A parte de que mais gostei foi o conflito da protagonista sobre ter criado bem, ou treinado como ela diz, os filhos: por um lado, ela tinha de ser dura com as crianças para que fossem capazes de sobreviver, por outro, ela queria ser uma boa mãe. Também tem a dúvida dela sobre permanecer onde está ou se arriscar a ir a um lugar melhor que nem sequer tem certeza se realmente existe com a esperança de dar uma vida melhor à menina e ao garoto.

No dia seguinte, vi o filme. Não vou ficar comparando porque quase sempre o livro é melhor que o filme (e esse não é uma exceção) e estou treinando a ver o filme com olhos diferentes do livro, senão é provável que quase nunca goste tanto das adaptações (acho que tem bem um lance de expectativas criadas e da imagem feita na sua cabeça enquanto está lendo). Só digo que tem muitas diferenças entre livro e filme, desde mudanças nos nomes dos personagens até o fato de no livro Malorie ter criado os filhos sozinha enquanto no filme, Tom fica com ela quase até o fim.

Gostei do livro, não gostei tanto do filme (achei meio cansativo).

Você pode comprar este livro clicando aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: