Quase treze meses sabáticos

E quando você acha que já viu e viveu de tudo em um ano, o décimo terceiro mês ainda reserva surpresas…

Outubro foi um mês passado no Norte, em duas capitais: Boa Vista e Belém. Além de toda a experiência e particularidades desses lugares, teve o fato de o Brasil estar passando por um momento muito particular em sua história: eleições presidenciais muito polarizadas e a galera discutindo com os nervos à flor da pele.

Visitei uma comunidade indígena, fui a uma passeata, vi uma praia de rio com muitas ondas, uma festa de rua com milhares de pessoas se espremendo pela fé e fiquei sabendo de muitas histórias de imigração. Foram várias realidades muito diferentes da minha bolha, sempre que você acha que saiu, tem mais uma para estourar.

Também tem o fato de estar chegando ao fim, nem acredito que passou tão rápido. Ao mesmo tempo, foram tantas coisas que parece que estou sabática há uma vida inteira (e talvez esse ano tenha valido a uma vida inteira, porque vivi coisas que muitas pessoas não vão viver nem em uma vida inteira). Enfim, foi um último mês digno de último mês, com um misto de emoções.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: